Blame view

README.md 2.59 KB
492e6526   Bruno Collaco   1st commit
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40
41
42
43
44
45
46
47
48
49
50
51
52
53
54
55
56
57
58
59
60
61
62
Boletim Sismico Brasileiro - Versão Preliminar TXT
==

Legenda para o Catálogo de Sismos
--

YEAR MMDD HHMMSS LAT. LONG. ERR ST DEPTH MAG. T CAT Io AREA LOCALITY COMMENTS 

YEAR MMDD = ano, mes e dia de ocorrencia (data em Hora Universal!)
HHMMSS = hora de ocorrencia (hora, min, seg) em tempo universal (UT).
	Hora local = UT - 3 horas (Horario de verao nao esta' considerado).
LAT. LONG. = epicentro (graus e decimos de graus).
ERR = erro estimado para o epicentro, em km.
	Valor 0 significa ausencia de informacao!
ST = estado do Brasil.
DEPTH = profundidade (km). Valor 0 significa ausencia de informacao.

MAG. = magnitude Richter (escala "mb", baseada na onda P).
T = tipo de cálculo de magnitude:
	0 = mb telessismica.
	1 = magnitude regional brasileira (equivalente a mb telessísmica).
	2 = media de dados com tipo 0 e tipo 1.
	3 = magnitude estimada com base na área afetada pelo sismo.
	      mag  =  1.63  +  0.60 x log(Area total afetada, km^2)
	      mag  =  2.29  +  0.55 x log(Area IV MM, km^2)
	4 = magnitude estimada com base na máxima intensidade no epicentro.
	      mag  =  1.21  +  0.45 x Io
	5 = magnitude estimada por outros meios.
	-1 = sem dados pra magnitude
   observacao: magnitudes do tipo 0, 1 e 2 sao mais confiáveis;
      magnitude do tipo 3 pode ser razoável;
      tipo 4 e 5 sao pouco confiáveis, principalmente para sismos antigos.

CAT = categoria de dados disponiveis
	I = dados instrumentais
	A = apenas dados macrossismicos (historicos) com área afetada bem
	     conhecida.
	B = apenas dados macrossismicos (historicos) com área imprecisa.
	C = apenas dados macrossismicos de uma unica localidade
	E = efeito distante de sismos andinos fortes (geralmente em predios
	    altos de cidades grandes).
	D = evento duvidoso, provavelmente nao se trata de sismo.
	
Io = intensidade máxima observada, escala Mercalli-Modificada.

AREA = área afetada (sentida), em 10^3 km^2, incluindo localidades com
        intensidade II MM.

LOCALITY = local conhecido perto do epicentro.

COMMENTS = (fonte dos dados) e outras observacoes.

Fontes de dados mais comuns:
GS = U.S. Geological Survey, National Earthquake Information Center
IAG = Inst. de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas da USP, SP
IDC = International Data Centre, Viena, Austria
IPT = Inst. de Pesquisas Tecnológicas do Estado de Sao Paulo, SP
ISC = International Seismological Centre, UK
ON = Observatório Nacional - MCT, RJ
UFRN = Depto. de Física da Univ. federal do Rio Grande do Norte, RN
UnB = Observatório Sismológico da Universidade de Brasília, DF
UNESP = Univ. Est. Paulista: -PP=Pres.Prudente, -RC=IGCE, Rio Claro